Stricto Sensu (Mestrados)

Mestrado Profissional em Ciências Ambientais.

Apresentação

Reconhecimento de Curso: Portaria/MEC nº. 656. Publicação: 23/05/2017.

A Universidade está sediada na cidade de Vassouras importante município do histórico Vale do Café, pertencente à região geográfica do Estado do Rio de Janeiro, denominada Centro-Sul Fluminense. Esta região está compreendida dentro dos Domínios Morfo-Climáticos da Mata Atlântica, e associada ao Médio Vale do Rio Paraíba do Sul, fazendo com que a Universidade mantenha um Raio de Ação em seus programas de Graduação e Pós Graduação de aproximadamente 150 km. Esta IES abrange desta forma, inúmeros municípios das Regiões Sul, Costa Verde, da Baixada Fluminense e Metropolitana, além da Região Serrana do Estado do Rio de Janeiro. Em função de sua tradição e dos diversos cursos oferecidos, atrai ainda de maneira significativa estudantes provenientes de diversos Estados do Brasil.

O programa de mestrado profissional em Ciências Ambientais, vinculado à Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da Universidade é composto por docentes de diversas unidades acadêmicas, e constitui uma proposta voltada para a análise, discussão e compreensão de todos os principais aspectos ambientais dos ecossistemas naturais e transformados. Tem como meta a articulação das diferentes áreas da ciência em torno desta temática ambiental, seu entendimento e sua conservação, bem como, o bem-estar humano e do meio ambiente, através de uma abordagem e metodologia interdisciplinares. Isso possibilita a adoção de métodos de uma área por outra, gerando novos conhecimentos, referenciados nas concepções teóricas das diferentes áreas do saber. Este conhecimento promove a inserção social de diferentes setores e desenvolve uma consciência ambiental, capaz de atender as exigências das sociedades local e regional na busca de soluções para os problemas ambientais, que comprometem o equilíbrio dos ecossistemas e a manutenção da diversidade biológica.

Objetivo

Curso de Mestrado Profissional em Ciências Ambientais tem como objetivo formar profissionais com competências e habilidades para o exercício da prática profissional avançada nos diferentes segmentos do setor ambiental, visando principalmente, a conservação e sustentabilidade dos ecossistemas naturais e o desenvolvimento de novas tecnologias ambientais.

Perfil do Profissional a ser Formado

As áreas de atuação pretendidas nesta proposta de qualificação profissional para os egressos desta IES abrangem principalmente a aplicação, o aperfeiçoamento e o desenvolvimento de novas tecnologias visando: a recuperação de áreas degradadas e contaminadas, o manejo e gestão dos solos e dos recursos hídricos regionais, o controle dos processos erosivos de encostas, o saneamento ambiental, a gestão de unidades de conservação e de ambientes naturais, os estudos de diversidade biológica, a avaliação de impactos e o monitoramento ambiental.

O profissional formado pelo Programa de Pós Graduação em Ciências Ambientais da Universidade terá um campo de trabalho amplo, e deverá ser capaz de atuar de forma avançada e transformadora, através das melhores práticas ambientais nas diversas atividades urbanas e industriais, e da produção agro-pecuária e florestal nas diferentes regiões de abrangência do programa. De forma complementar, através dos estudos de diversidade biológica e conservação dos recursos naturais, pretende-se que este profissional esteja habilitado a promover o desenvolvimento sustentável, a conservação dos ecossistemas naturais e a melhoria da qualidade de vida nos ambientes antropizados.

Este profissional estará ainda, habilitado a desenvolver e incorporar novas tecnologias agregando qualidade e competitividade ao setor produtivo regional e na gestão ambiental de empresas públicas e privadas e na atuação nas diferentes formas de organização da sociedade civil.

Corpo Docente

Coordenação:
  • Coordenador: Prof.ª Dr.ª Margareth Maria de Carvalho Queiroz.
  • Vice-coordenador: Vinicius Marins Carraro.
Docentes Permanentes:
Docentes Colaboradores:
  • Prof.ª Dr.ª Irenilda Reinalda Barreto de Rangel Moreira Cavalcanti
  • - Currículo Lattes

Disciplinas

Núcleo I

Bioética e Meio Ambiente

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:
  • Introdução à Bioética: gênese, estatuto epistemológico, método e destinatários; A vida: formas, origem e sentido; O corpo e seus valores - a transcendência da pessoa; Um check-up no Brasil - Políticas de Meio Ambiente; Bioética global - consciência e necessidade de uma ética planetária; Planeta terra - nossa casa comum; A Saúde do Meio Ambiente.

Ecologia teórica e de Campo

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Organismos em seus ambientes: cenário evolutivo. Natureza da comunidade. Desenvolvimento do conceito de ecossistema. Aplicações ecológicas no nível das interações entre espécies. Controle de pragas e manejo de exploração. Padrões no espaço tempo em comunidades. Medidas de diversidade. Cadeias tróficas. Fluxo de energia: as leis da termodinâmica, produção e consumo. Ciclagem de nutrientes e mudanças globais. Aplicações ecológicas no nível das comunidades e ecossistemas.

Estatística aplicada ao Meio Ambiente

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Levantamento estatístico. Amostragem. Organização e apresentação dos dados estatísticos. Construção de tabelas de distribuição de frequências. Conceitos básicos em saúde. Medidas de tendência central. Medidas de Variabilidade. Medidas de Correlação, Coeficiente de Correlação de Pearson. O Cálculo de Probabilidades. Inferência estatística.

Metodologia da Pesquisa Científica

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Método dedutivo, indutivo, pesquisa observacional e experimental; Senso comum e conhecimento científico; Definições de Pesquisa e Metodologia Científica; Elementos que compõem um Projeto de Pesquisa; Importância da Leitura e como elaborar esquemas e resumos; Levantamento bibliográfico: Acervo e internet; Estruturação de projeto de Pesquisa; Pesquisa experimental e de campo; Elaboração de entrevistas e questionários; Plágio; Normas Bibliográficas ABNT, APA, Vancouver e da Universidade de Vassouras; Produtos Técnicos; Relatórios de Pesquisa: Composição e apresentação; Diferentes formas de comunicação científica: Painéis, palestras, seminários, dissertação de mestrado; Artigo científico: importância da publicação e elaboração; Revistas científicas e indexadores.

Núcleo II

Biodiversidade e Recursos Naturais

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Conceito de biodiversidade e seus diferentes níveis de abrangência. Interações organísmicas e a manutenção do equilíbrio dos ecossistemas. Evolução da diversidade biológica. Valor e uso da biodiversidade. Consequências da alteração da biodiversidade. Estratégias de conservação. Caracterização dos biomas brasileiros, com ênfase na Mata Atlântica. Preservação dos recursos hídricos no contexto sobre as contaminações naturais e antrópicas e sua legislação. Uso e conservação dos solos. Caracterização dos fatores bióticos e abióticos que interferem na dinâmica, distribuição e evolução das diferentes fitofisionomias, principalmente da Mata Atlântica.

Controle de Poluição Urbana e Industrial

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Proporcionar aos alunos o conhecimento dos principais aspectos físicos, químicos e microbiológicos que norteiam a poluição na esfera urbana e industrial, além das respectivas tecnologias voltadas à prevenção e controle da poluição nos diferentes compartimentos ambientais (ar, água e solo). Poluição: Urbanização e industrialização; História da poluição, conceito e definição; Tipos de fontes; Principais poluentes (ar, água e solo); Lei 6938/81 – Política Nacional de Meio Ambiente; Lei 9605/98 – Crimes Ambientais; A Indústria e o Meio Ambiente; Poluição do Ar; Poluição da Água; Poluição do Solo.

Diversidade Microbiológica com Potencial Tecnológico

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Biotecnologia microbiana. Diversidade microbiana. Produção de proteínas em bactérias e leveduras. Vacinas sintéticas e recombinantes. Inseticidas microbianos. Polissacarídeos e poliéster microbiano. Interações microrganismos e plantas. Biomassa para combustíveis. Produção de ácidos aminados e antibióticos. Síntese orgânica e degradação. Aplicações ambientais.

Ecotoxicologia e Indicadores Ambientais

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Conceitos. Vias de Exposição. Fases da Intoxicação. Principais poluentes. Riscos. Dispersão dos Poluentes. Poluição das Águas. Poluição do Ar. Toxicologia de Praguicidas. Ecotoxicologia. Ecotoxicocinética. Ecotoxicodinâmica. Biomonitoramento. Bioindicadores. Indicadores ambientais. Trabalho de campo e laboratório.

Entomologia Forense Aplicada às Ciências Ambientais

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Disciplina de caráter teórico e prático que visa abordar à introdução aos estudos dos insetos e outros artrópodes de importância forense, bem como o Estado da arte da entomologia forense no Brasil e sua aplicação, principalmente na área ambiental e criminal. Histórico e os conceitos da entomologia forense; Estudar os insetos: Sistemática, Diversidade Biológica e Ecológica; Identificação das principais espécies de Diptera e Coleoptera (ovos, larvas, pupas e adultos) e outras ordens de importância forense; Entomotoxicologia; Discutir os exemplos clássicos da aplicação da entomologia forense; Estudar os casos de entomologia forense no Brasil (Urbana, de Produtos Armazenados e Médico-criminal e Ambiental); Discutir a Tafonomia forense (atividade da entomofauna necrófaga e sua aplicação na cronotanatodiagnose); Analisar a aplicação da entomologia forense na criminalística e ambiental; Estudar a estimativa do intervalo post-mortem (casos no Brasil e no exterior).

Epidemiologia e Controle das Enfermidades Tropicais

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Conhecimentos básicos sobre as principais doenças infecciosas e parasitárias existentes em nossa região e no Brasil, inclusive as doenças emergentes causadas por vírus, bactérias, protozoários, helmintos e fungos, observando os aspectos relacionados aos parasitas, vetores e hospedeiros/reservatórios vertebrados. Aspectos epidemiológicos, clínicos, diagnósticos, de controle e profilaxia. Estudo de recursos para o diagnóstico laboratorial de doenças infecciosas e parasitárias. Noções sobre terapêutica e controle das diversas doenças infectoparasitárias. Arboviroses (dengue, febre amarela, Zika, Chikungunya, encefalites por arbovírus), AIDS/HIV, Hepatites virais, Mononucleose e outras herpesviroses, Doença de Chagas, Esquistossomose, Leishmanioses (tegumentar e visceral), Toxoplasmose, Febre tifoide, Tuberculose, Malária, Leptospirose, Hanseníase, Meningites (bacterianas e virais). Micoses profundas (criptococose, cromomicose, esporotricose, histoplamose e paracoccidioidomicose.

Estratégia de Monitoramento de Insetos Bioindicadores

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Resolução de problemas da prática para a teoria. Conexão entre teoria e prática. Aplicações da Matemática escolar nos três níveis de ensino formal e no ensino não formal. Ação pedagógica em sala de aula. Concepção dos professores de matemática e processos de formação. Atividades de lógica; de geometria; de álgebra, de aritmética e de análise. Discutir textos de pesquisa em lógica, geometria, álgebra, aritmética e análise que aparecem nos últimos anos em revistas, anais e teses de educação matemática.

Geotecnia Ambientais

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Introdução Mecânica dos Solos. Uso e Ocupação de Encostas Naturais. Hidrologia Ambiental. Monitoramento da Qualidade da Água. Formulação Geral de Transportes de Poluentes. Remediação e Recuperação de Solos e Águas Subterrâneas. Disposição de Resíduos. Erosão.

Gerenciamento de Resíduos Sólidos

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Introdução, bases e conceitos; Classificação dos resíduos sólidos, Normas ABNT, ANVISA e Resoluções do CONAMA; Legislação ambiental aplicada e a nova Política Nacional de Resíduos Sólidos; Principais impactos ambientais no mundo e no Brasil; Principio dos 3 Rs e coleta seletiva; Principais Técnicas de Tratamento e Disposição Final de resíduos; Gerenciamento de Resíduos Sólidos e rastreabilidade; Elaboração do PGRS.

Planejamento e Gestão Ambiental

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Breve Histórico; Principais problemas ambientais; Legislação x melhoria tecnológica; O poder público e a poluição; Evolução do foco da gestão ambiental; Desenvolvimento sustentável; Meio ambiente na ISSO. Por que implantar SGA? Certificar ou não; Estratégias; Diagnóstico. Implementando os requisitos da norma NBR 14001; Fase preparatória; Noções preliminares; A norma NBR ISSO 14001; Processo de certificação.

História Ambiental e o Vale Paraíba Fluminense I e II

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

A disciplina pretende colocar em discussão os principais temas relacionados aos conceitos de natureza e ambiente tratando-os enquanto objeto histórico. Serão privilegiadas as discussões sobre as transformações do imaginário ocidental com relação ao mundo natural e a história do pensamento e das práticas de transformação dos ambientes. As bases epistemológicas da História Ambiental e a evolução e transformação dos diversos ecossistemas pelas sociedades humanas nos diferentes momentos históricos são interesses centrais da disciplina. Enfoque principal será dado às circunstâncias de ocupação e desmatamento da região do Vale do Paraíba Fluminense.

Introdução ao Estudo das Ciências Ambientais

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Conceitos Fundamentais sobre: A Vida e o Ambiente Físico. Os Ecossistemas. Os Organismos. As Populações. Interações entre Espécies. As comunidades. Aplicações Ecológicas. A disciplina objetiva propiciar aos estudantes do Mestrado Profissional em Ciências Ambientais, conhecimentos básicos sobre dados abióticos e bióticos, uma vez que o público alvo é formado por profissionais das mais diversas áreas. Espera-se a aplicação desses conhecimentos para a interpretação e análise crítica destes dados, nas diferentes disciplinas que compõem o programa.

Laboratório de Química Analítica Ambiental

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Água: Amostragem, Pré-Tratamento e Conservação, Ph, Condutividade, Std, Cor, Turbidez, Co2, Nh3, Sulfeto, Od., Dbo, Nitrato, Cloreto e Fluoreto, Sulfato, Fosfato e Sílica, Li, Na e K, Ca e Mg, Al, Mn e Fe, Alcalinidade e Dureza, Carbono Total, Carbono Orgânico e Inorgânico, Critérios de Potabilidade, Legislação Atual. Solo: Amostragem e Preparo, Caracterização Granulométrica, Ph e Condutividade, Matéria Orgânica, Fósforo, Cátions Trocáveis (K, Na, Ca, Mg, Al) e Ctc, Nitrogênio Total. Ar: Métodos de Amostragem: Particulado Total, Particulado Inaliável e Respirável, Gases Dissolvidos. Legislação Atual.

Legislação e Licenciamento Ambiental

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Definição de Meio Ambiente e a Interação com o Homem. Biomas Brasileiros. Importância da preservação do meio ambiente e das políticas protetivas. Histórico da Legislação Ambiental. Política Nacional do Meio Ambiente, seus instrumentos e o funcionamento do SISNAMA (Lei Federal 6938/81). Princípio do poluidor-pagador e de responsabilidade nas esferas administrativas, cível e criminal. Política Nacional de Resíduos Sólidos. Etapas do Licenciamento Ambiental com destaque para análise das competências dos diversos órgãos licenciadores e seu inter-relacionamento. Tipos de licença ambiental. Estudo Prévio de Impacto Ambiental e Relatório de Impacto Ambiental. O Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza (SNUC Lei 9.985/00). A Política Nacional de Recursos Hídricos, A proteção da flora, fauna e pesca. O Estatuto da Cidade. A Lei de Crimes Ambientais e os instrumentos judiciais e extrajudiciais de defesa dos bens ambientais. Reparação de danos ambientais: Termo de Ajuste de Conduta e Termo de Compromisso Ambiental.

Manejo e Conservação do Solo

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Fundamentos da Ciência do Solo. Caracterização das propriedades físicas, químicas e microbiológicas do solo. Classificação Brasileira dos Solos. Processos de erosão e degradação do solo. Legislação Ambiental Aplicada a Conservação do Solo. Práticas conservacionistas de uso e manejo do solo agrícola e urbano. Manejo de bacias hidrográficas.

Métodos Alternativos no Controle de Vetores e Pragas

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Conceito de biodiversidade e seus diferentes níveis de abrangência. Interações organísmicas e a manutenção do equilíbrio dos ecossistemas. Evolução da diversidade biológica. Valor e uso da biodiversidade. Consequências da alteração da biodiversidade. Estratégias de conservação. Caracterização dos biomas brasileiros, com ênfase na Mata Atlântica. Preservação dos recursos hídricos no contexto sobre as contaminações naturais e antrópicas e sua legislação. Uso e conservação dos solos. Caracterização dos fatores bióticos e abióticos que interferem na dinâmica, distribuição e evolução das diferentes fitofisionomias, principalmente da Mata Atlântica.

Métodos numéricos em meio ambiente

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Revisão de conceitos de análise matricial. Formulações Variacionais. Métodos Aproximados: Resíduos Ponderados, Galerkin, Rayleigh-Ritz, Etc. Introdução e ideias básicas do Método dos elementos finitos. Funções de interpolação. Elementos finitos básicos. Quadratura numérica. Elementos infinitos. Elementos de interface. Aplicações Computacionais. Aplicações de modelagens numéricas a problemas de meio ambiente.

Modelagem e Simulação de Processos Ambientais

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Introdução à modelagem e simulação de sistemas ambientais Conceitos básicos de modelagem. Classificação e aplicação dos modelos matemáticos. Classificação dos métodos numéricos para a simulação. Introdução às técnicas computacionais. Fundamentos dos simuladores. Softwares para a simulação de processos ambientais. Utilização do software ProsimPlus@ para simulação de processos químicos e biotecnológicos. Otimização de processos. Estudo de viabilidade econômica.

Pequenas Moléculas bioativas: uma ponte entre as ciências ambientais, a biotecnologia e a medicina

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Introdução à Química dos Produtos Naturais; perspectiva histórica; introdução à biossíntese; principais classes de metabolitos; metabolismo primário e secundário; macro e microrganismos; a influência dos fatores ambientais na biossíntese; revisão de Química Orgânica; principais métodos de extração; principais métodos de purificação e isolamento de metabolitos; introdução à química verde, principais métodos de elucidação estrutural; quiralidade; metabolitos de organismos terrestres e metabólitos de organismos marinhos; métodos e estratégias usadas para obtenção de novas substâncias bioativas; ensaios “in vitro” e “in vivo”; desenvolvimento de fármacos; desenvolvimento de fitoterápicos; desenvolvimento de produtos para as indústrias de alimentos, cosméticos e medicamentos.

Poluição Ambiental

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Meio ambiente, passado, presente e perspectivas futuras. Principais substâncias químicas de importância ambiental. Química de solos, águas e atmosfera. Poluição ambiental. Ecologia. Conceitos farmacológicos. Toxicidade. Carcinogenicidade. Mutagenicidade.

Projetos em Educação Ambiental

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Educação Ambiental e Ética: construindo sociedades sustentáveis. O estado do Meio Ambiente no mundo. Desenvolvimento Sustentável. Marcos referenciais utilizados em Educação Ambiental. Princípios para uma Ética Ambiental. Metodologias para projetos de Educação Ambiental: planejamento, processo, produto diagnóstico para a resolução de problemas. Estudos de caso. Desenvolvimento de projetos individuais e de grupo sobre Educação Ambiental.

Química Verde

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Princípios fundamentais da Química Verde; Química Verde nos processos químicos: Alcoolquímica, Oleoquímica, Sucroquímica e Fitoquímica; Biosíntese e biocatálise; Biocombustíveis e Biorrefinaria; Novas tecnologias e fontes energéticas alternativas; Bioprodutos e bioprocessos. Estudo de caso. Aplicar os princípios da Química Verde no desenvolvimento de produtos e processos químicos, objetivando a minimização dos impactos ambientais.

Recuperação de Áreas Degradadas

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Conceitos e definições. Biomas brasileiros. Biogeografia. História dos biomas. Causas da degradação. Indicadores da degradação. Fundamentos de pedologia para recuperação de áreas degradadas. Sucessão ecológica. Revegetação de áreas degradadas. Estratégias de recuperação de áreas degradadas. Monitoramento de áreas degradadas em recuperação. Elaboração de projetos para recuperação de áreas degradadas.

Reaproveitamento de resíduos agroindustriais

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Princípios fundamentais da Química Verde; Os impactos sociais e ambientais das agroindústrias; Formas de aproveitamento e subprodutos obtidos a partir da utilização dos resíduos; Biotecnologia e bioprocesso; Matérias-primas para a indústria de bioprocessos; Novas tecnologias e fontes energéticas alternativas; Bioprodutos; Estudo de caso.

Tecnologias da Informação Aplicadas ao Meio Ambiente

Carga Horária: 45 Horas
Créditos: 3
Ementa:

Conceitos básicos de tecnologia da informação, computação e Internet. Construção de Web Sites estáticos. Ferramentas para construção de sites. Hospedagem de sites. Construção de formulários online para realização de pesquisas de opinião. Construção de Blogs. Objetivos: A disciplina Tecnologias da Informação Aplicadas ao Meio Ambiente tem por objetivo propiciar aos estudantes do Mestrado Profissional em Ciências Ambientais, conhecimentos básicos na utilização de diferentes técnicas e ferramentas de tecnologia da informação de forma que possa auxiliá-lo na construção de produtos associados aos trabalhos no mestrado, utilizando tecnologias da informação, como a construção de sites, blogs e formulários online para pesquisas. Estratégias: O curso será desenvolvido através de aulas expositivas e práticas em laboratórios de informática, utilizando ferramentas gratuitas para a construção de sites, blogs e formulários online para pesquisas. A interação do aluno com o conteúdo será feita através da construção de produtos de software que apoiem trabalhos e estudos em meio ambiente.

Projetos

Avaliação integrada de um fragmento de floresta atlântica, através de trilha ecológica, no município de Engenheiro Paulo de Frontin: arthropodofauna.

Descrição O projeto objetiva-se a reunir diversos segmentos ecológicos abrangendo a valoração da paisagem de pontos da trilha dos quatis, distribuição dos vegetais em relação às propriedades químicas do solo na referida trilha; levantamento das gramíneas nesta trilha e estudo da arthropodofauna, com ênfase da classe insecta.

Estudo da biologia, comportamento e da bioatividade de produtos naturais de plantas sobre insetos de importância médica e agrícola.

Fungos e algas marinhas como fonte de novos metabólitos bioativos: isolamento, identificação e avaliação da atividade inibidora do crescimento in vitro de linhas de células humanas cancerígenas e da ação inseticida.

Educação antidengue.

Descrição Programa Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia no RJ.

Estudo de lignóides, cumarinas e amidas sobre o desenvolvimento e controle de Aedes albopictus Skuse APQ1/FAPERJ.

Biologia e aspectos comportamentais de Aedes (Stegomyia) albopictus (LINNAEUS, 1762) em laboratório.

Descrição: estudar a biologia do Ae. albopictus nas condições de temperatura e umidade relativa de Vassouras, Rio de Janeiro, RJ. Formar população de Ae. albopictus em laboratório para futuros estudos de alternativas de controle deste inseto e, sob o aspecto de formação de recursos humanos e educação, iniciar os alunos de graduação da Universidade Severino Sombra, em estudos práticos sobre biologia, ecologia e controle populacional de espécies de interesse médico sanitário despertando o espírito científico nos alunos da graduação da Universidade.

Levantamento da presença de ovos e larvas de Aedes aegypti e Aedes albopictus no município de Vassouras, RJ.

Descrição: Analisar de acordo com o levantamento das formas imaturas de Aedes aegypti e Aedes albopictus a positividade para o mosquito no município. Identificar os locais preferenciais de depósitos a fim de controlar os focos.

Estudo de produtos naturais isolados de plantas brasileiras sobre o desenvolvimento e fisiologia de Oncopeltus fasciatus.

Descrição: Estudo da eficácia de extratos de plantas sobre o desenvolvimento de Oncopeltus fasciatus Dallas, 1852 Hemiptera - Lygaidae e sobre a interferência na interação patógeno/hospedeiro invertebrado.

Eficácia de produtos naturais extraídos de plantas brasileiras na fisiologia e no controle de Aedes aegypti Linnaeus, 1762.

Descrição:Programa Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia no RJ 2010 Processo E-26 111.481/2010.

Levantamento de Insetos Bioindicadores (Coleoptera e Hymenoptera) em Fragmento de Floresta Atlântica, no Município de Engenheiro Paulo de Frontin RJ.

Descrição: O projeto tem os seguintes objetivos: Geral 1. Realizar o estudo da diversidade de famílias, gênero e quando possível espécie de insetos das Ordens Coleoptera e Hymenoptera, da fauna epígea, coletados através da armadilha do tipo pitfall e coleta de serapilheira em diferentes altitudes e verificando a aptidão destas espécies como bioindicadores de qualidade ambiental. ESPECÍFICOS 1. Realizar o levantamento das famílias e espécies de Coleoptera e Hymenoptera através dos métodos empregados; 2. Estimar os componentes faunísticos para as famílias e espécies coletadas através dos métodos empregados; 3. Realizar o estudo da diversidade de Coleoptera e Hymenoptera, fauna epígea, em função das altitudes do fragmento.

Linhas de Pesquisa

1-Diversidade Biológica e meio Ambiente

Esta linha de pesquisa visa promover estudos de ecologia e diversidade biológica de ambientes e ecossistemas naturais e antropizados com ênfase na Mata Atlântica e ambientes costeiros.

  • Professores participantes:
  • Marise Maleck de Oliveira Cabral
  • Paulo César Rodrigues Cassino
  • Vinicius Marins Carraro
  • Margareth Maria de Carvalho Queiroz
  • Paloma Martins Mendonça
  • Alexandre Ururahy Rodrigues
  • Irenilda Reinalda Barreto de Rangel Moreira Cavalcanti

2-Tecnologia Ambiental

Esta linha de pesquisa visa promover estudos de novas tecnologias, organismos e substâncias com atividade biológica para utilização no desenvolvimento, e práticas de manejo para o controle e recuperação ambiental de ecossistemas naturais e antropizados.

  • Professores participantes:
  • Antônio Orlando Izolani
  • Carlos Vitor de Alencar Carvalho
  • Marco Antônio Soares de Souza
  • Marise Maleck de Oliveira Cabral
  • Margareth Maria de Carvalho Queiroz
  • Marcos Antonio Pereira Araújo
  • Paloma Martins Mendonça
  • Alexandre Ururahy Rodrigues
  • Cristiane de Souza Siqueira Pereira
  • Diego Macedo Veneu
  • Carlos Eduardo Cardoso
  • Irenilda Reinalda Barreto de Rangel Moreira Cavalcanti

Investimento

24 x R$ 1.500,00

Mestrado Profissional em Ciências Ambientais

  • Já inclusos bolsas/descontos eventualmente concedidos por força de acordo coletivo.
  • Descontos ex-alunos da USS (10%) em qualquer mestrado

Normas e Regulamentos

Contato

Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação
  • Av. Expedicionário Osvaldo de Almeida Ramos, 250 - Bloco 03 - 2 andar Centro - Vassouras - RJ - CEP: 27700-000
  • Tel.: 2471-8372 / 2471-8371
  • E-mail: sec.cienciasambientais@universidadedevassouras.edu.br
  • Horário de funcionamento: de segunda à sexta-feira, das 8h às 21h30min, sábado, das 8h às 12h