História e Cultura da África, Afro-Brasileira e Indígena

História e Cultura da África, Afro-Brasileira e Indígena

Sobre o Curso

  • Modalidade: Especialização
  • Duraçao: 24 meses
  • Unidade: Campus Vassouras
  • Investimento: 24 X R$ 230,00 (desconto de 30% para ex-aluno)
  • Dia e Horário:Sábados, com aulas quinzenais das 8h às 17h

Objetivos

Objetivo Geral:

Desenvolver competências básicas em História e Cultura da África, Afro-Brasileira e Indígena capacitando para a assessoria histórico-cultural, pesquisa e ensino em disciplinas definidas pelas Lei Nº 10.639/03 e Nº 11.645/08.

Objetivos Específicos:
  • - Recuperar a memória histórica da contribuição dos povos indígenas e africanos na formação da cultura, história e sociedade brasileira, valorizando a diversidade étnico-racial em nosso país;
  • - Promover a valorização da história, cultura e identidade indígena e afro-brasileira, a fim de superar os preconceitos existentes e a discriminação racial, consolidando a dimensão da pluralidade cultural;
  • - Contribuir na formação de habilidades e competências histórico-culturais para a promoção de projetos junto a ONGs, órgãos públicos, instituições privadas e comunidades tradicionais;
  • - Incentivar e viabilizar projetos culturais e de ensino e pesquisa que abordem a história, cultura e identidade indígena e afro-brasileira.

Público-Alvo

Graduados em cursos de Ciências Humanas, Ciências Sociais (Advogados e Jornalistas), Letras e Artes, além de outras áreas do conhecimento, que tenham interesse pela temática. Professores do Ensino Fundamental e Médio das redes pública e privada de Ensino. Todos os Graduados devem ser portadores de diplomas reconhecidos pelo MEC.

Supervisor Pedagógico

Irenilda Reinalda Barreto de Rangel Moreira Cavalcanti

Doutora em História Social Moderna pelo PPGH/UFF(2010).É Especialista em História do Brasil(FAFIC,2002) e Mestre em História Comparada pelo PPGHC/UFRJ(2004). Possui Bacharelado em Biblioteconomia pela UFPE(1975) e Licenciatura em História pela FAFIC-Cataguases(1995). Desenvolve pesquisa sobre o Conselho Ultramarino, com ênfase em História do Brasil Colonial e História de Minas Gerais. É professora universitária desde 2002,e nos Cursos de Pós-Graduação Stricto Sensu e Licenciaturas da Universidade de Vassouras (RJ). Atua ainda na Universidade de Vassouras como Membro do Comitê Científico Institucional; Avaliador Ad Hoc da Mosaico-Revista Multidisciplinar de Humanidades; Membro do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas-NEABI. É Membro Efetivo do Instituto Histórico e Geográfico de Vassouras. Entre as publicações constam artigos publicados nas seguintes coletâneas: Espelhos Deformantes [2008], organizado pelo Prof.Dr. Rodrigo Bentes Monteiro; "Hierarquias, raça e mobilidade social" [2010], organizado pelos Profs.Drs.Célia S.Tavares e Rogério O. Ribas; "História Urbana"[2013],organizada pelos Profs.Drs.Gisele Sanglard, Carlos E. Araújo e José Jorge Siqueira; e ainda artigos publicados nas revistas Dia-logos da UERJ,Documento/Monumento do ICHS/UFMT e Outros Tempos da UEMA. É uma das organizadoras do "Dicionário Histórico do Vale do Paraíba Fluminense"[2016].

Angelo Ferreira Monteiro

Mestre em História pela Universidade Severino Sombra - USS (2005). Graduação em Licenciatura Plena em História pela USS (2001). Coordena o Projeto de Pesquisa:Família e Religiosidade - A importância da Irmandade de Nossa Senhora da Conceição de Vassouras no século XIX", com ênfase em História Social, Século XIX, Vale do Paraíba do Fluminense; É professor universitário desde 2014, atualmente nos cursos de Pedagogia, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Engenharia de Produção e Engenharia Química da Universidade de Vassouras. Atua ainda na Universidade de Vassouras como Editor Executivo da Mosaico - Revista Multidisciplinar de Humanidades; Membro do Corpo Editorial dos Periódicos: Mosaico, TECCEN, Saúde e PróUniverSUS. Avaliador Ad Hoc da Mosaico, Revista de Saúde e Revista Pró-UniverSUS. Membro do Comitê Científico Institucional; Membro do Núcleo de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (NEABI); Secretário da Pós-Graduação Lato Sensu na Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Membro Titular da Academia de Letras de Vassouras, ocupa cadeira nº 07 - Patrono Casimiro Cunha, Sócio colaborador do Instituto Histórico e Geográfico de Vassouras e Patrono da Cadeira nº 7 da Academia Juvenil de Letras de Vassouras. Autor do Livro "Redes de Sociabilidade em Vassouras no século XIX - O Caso Benatar" [2007,1ª reimpressão em 2015],autor de capítulos de livros:História e Geografia Fluminense [2008],organização:Prof.ª Dr.ª Neusa Fernandes e Prof. Dr. Olínio Coelho,editado pelo IHGRJ/CREA-RJ e o Dicionário do Vale do Paraíba Fluminense [2016],além de artigos publicados Mosaico e IHGRJ,entre outros textos publicados em jornais e revistas indexadas.

Disciplinas

Disciplinas Carga Horária
Arqueologia de Afrodescendentes: Quilombos, Cemitérios e Documentos 16H
Arqueologia Indígena: Entre Sambaquis, Machados De Pedra e Cerâmicas 16H
Berço Africano, Seus reinos, a partilha do território e as lutas pela independência 32H
Comunidades e remanescentes de quilombos: políticas de acesso à terra 8H
Costumes e religiões de matriz africana: a formação de uma cultura própria 08H
Costumes e tradições indígenas na cultura brasileira: da alimentação à religião 8H
Escravidão no brasil: aspectos sociais, jurídicos e culturais em três séculos de diáspora africana 24H
Formas de resistência escrava: revoltas, quilombos, coartação 16H
Historiografia da história da áfrica, dos afro-brasileiros e indígenas 24H
Metodologia de pesquisa em educação e ciências sociais 16H
O ensino da história da áfrica, dos afro-brasileiros e indígenas 16H
Oficina de produção de artigo de pesquisa com fontes impressas e jornalísticas 40H
Oficina de produção de artigo de pesquisa com fontes manuscritas 40H
Oficina de produção de artigo de pesquisa com fontes orais 32H
Os indígenas na colonização do brasil e do vale do paraíba 24H
Os indígenas no brasil de hoje: grupos remanescentes, demarcação de terras e outras questões 16H
Relações raciais e interétnicas: discutindo o racismo e as identidades 16H
Utilização de ferramentas informáticas na educação e na pesquisa 08H

Total de horas do curso: 360h