Notícias

Universidade de Vassouras entrega ao jornalista, escritor e educador social, Maurício Pestana o título de Doutor Honoris Causa

  • 22-06-2022
  • Universidade de Vassouras

Em uma noite especial no dia 21 de junho, a Universidade de Vassouras concedeu ao jornalista, escritor e educador social Maurício Pestana, o título de Doutor Honoris Causa.

A cerimônia aconteceu durante o evento Legado e Saberes Afro-brasileiros Pró-Cidadania, onde ocorreu uma roda de conversa com o professor Hamilton Moss; o Magnífico Reitor, Marco Antônio Soares de Souza; o homenageado da noite,  Maurício Pestana, com a Dra. Petronilha Beatriz Gonçalves Silva e o antropólogo Kabengele Munanga.

Na roda, Dra. Petronilha Beatriz abriu a conversa falando sobre Maurício e sua luta contra o racismo: “Esta reunião universitária em que se celebra a criatividade do artista, o comprometimento do cidadão brasileiro nas lutas para quebrar as lógicas do racismo, e que por meio de sua arte contribui para a construção de uma sociedade em que todas as pessoas sejam reconhecidas, valorizadas nas sua particularidades pessoais, étnico-raciais e sociais é vital. As obras de Maurício e suas iniciativas, palavras e gestos incentivam que cada brasileiro se sinta responsável pelo combate ao racismo, pela valorização das contribuições de culturas africanas.”

A data escolhida para o evento marca os nascimentos do escritor e fundador da Academia Brasileira de Letras, Machado de Assis e do advogado abolicionista Luís Gama, celebrados e lembrados durante a roda de conversa como grandes nomes de destaque afro-brasileiros.  

O antropólogo Kabengele Munanga lembrou de Machado de Assis e Luís Gama em sua fala, comparando suas lutas com a de Maurício Pestana: “Essa cerimônia foi marcada em um dia especial, que se rememora a data de nascimento de personalidades tão significativas na história do Brasil, como o abolicionista Luís Gama e o grande escritor Machado de Assis, fundador da Academia Brasileira de Letras". "Se Luís Gama lutou para a abolição formal da escravatura, utilizando ferramentas jurídicas de sua época, você Maurício, está lutando para a segunda abolição, ou seja, a abolição material do negro usando linguagem artística, literária e jornalística.”

Marco Antonio Soares afirmou do porquê a Universidade de Vassouras, nesse momento de sua história, ter a iniciativa de outorgar o terceiro título de Doutor Honoris Causa dado pela instituição: “Temos aqui o Núcleo de Estudos das Relações Étnicas Afro-brasileiras e Indígenas (NEABI), temos também o observatório de educação que se debruça nessa temática. Nós entendemos como universidade que não só devemos tratar o tema com a devida seriedade, respeito, comprometimento e dedicação, mas que agora, mais do que nunca, porque temos o Dr. Maurício Pestana como membro emérito da nossa instituição”.

Maurício começou sua carreira como cartunista, é diretor da revista Raça e comentarista e especialista em Diversidade e Inclusão da CNN Brasil, com mais de 60 obras publicadas como autor e se destaca por seu ativismo na luta pela igualdade racial no Brasil.

“Esse título me faz ter uma responsabilidade que resgata essa vontade de estar mais próximo da academia para falar sobre a igualdade racial. Como doutor desta universidade, podem contar com a minha contribuição, com a minha ajuda, para que a gente possa mudar e melhorar esse país no qual nós vivemos. Quero agradecer a nossa Universidade de Vassouras, já me sinto parte da instituição. Se até hoje dediquei mais de 30 anos da minha vida à luta contra o racismo, à luta pela igualdade de oportunidades por um mundo melhor, esse título me fortalece mais ainda para buscar a inclusão social”, disse Pestana em agradecimento pelo título de Doutor Honoris Causa.

O presidente da Fundação Educacional Severino Sombra, Eng. Marco Antonio Vaz Capute finalizou a noite salientando que o lema da Universidade de Vassouras “Breaking codes” diz que a instituição está quebrando todos os códigos. “Eu luto muito para que essa Universidade tenha liberdade de expressão, todos aqui têm o direito da liberdade, sem deixar que ideologias o tornem cegos. Ouvir é muito importante, debater é muito importante”. 

 

Cadastre-se em nossa newsletter e receba novidades!