Engenharia Química

Graduação Plus (semipresencial)
Mensalidade:
R$ 830,00
Ingressantes 2021.1
Duração:
10 períodos (5 anos)
Turno: Noturno
Coordenação:
Miguel Neto
Matriz Curricular:
- Download (.PDF)
Tenho Interesse

Engenharia Química

O Curso

O curso de Engenharia Química da Universidade de Vassouras é nota 4 no MEC (escala de 1 a 5).

O curso de Engenharia Química da Universidade de Vassouras tem por objetivo formar o profissional com conhecimentos necessários para o exercício amplo e completo de sua profissão, fornecendo condições para que os mesmos possam adquirir competências e habilidades gerais. A matriz curricular ora proposta forma profissionais aptos a atuar no desenvolvimento de processos, mediante operações unitárias, para a produção de diversos produtos em escala industrial. Projetar, supervisionar, elaborar e coordenar processos industriais; identificar, formular e resolver problemas de engenharia relacionados à indústria química; supervisionar a manutenção e operação de sistemas. Desenvolver tecnologias limpas, processos de reciclagem e de aproveitamento dos resíduos da indústria química que contribuirão para a redução do impacto ambiental. Coordenar e supervisionar equipes de trabalho, realizar estudos de viabilidade técnico-econômica, executar e fiscalizar obras e serviços técnicos e efetuar vistorias, perícias e avaliações, emitindo laudos e pareceres técnicos.

Disciplinas do curso de Engenharia Química são ministradas com o uso de softwares de Simulação de Processos. O investimento no recurso computacional é vantajoso, visto que é uma ferramenta prática que facilita o ensino didático, motiva e desperta o interesse dos alunos, além de contribuir na formação dos futuros engenheiros químicos. O curso de Engenharia Química da Universidade de Vassouras tem a licença do simulador de processos ProSimPlus.

Mercado de Trabalho

Esta é mais uma profissão que se beneficia da exploração do petróleo do pré-sal. Além do setor de petróleo, algumas frentes de trabalho tradicionais se mantêm estáveis, como a indústria de polímeros e de tintas e vernizes. Mas a grande novidade para o engenheiro químico é o segmento farmacêutico e de cosméticos, nos quais o profissional é chamado para pesquisar e desenvolver novos produtos. Na área ambiental, começam a surgir vagas no tratamento de resíduos e em energia de fontes renováveis. Os polos industriais dos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo reúnem os principais empregadores. O crescimento da produção mineral, a instalação de uma refinaria em Pernambuco e do estaleiro Enseada do Paraguaçu, na Bahia, abrem boas perspectivas para a região Nordeste. Fonte: Guia do Estudante - Abril Editora

Duração:
5 anos
Metodologia avançada de ensino
Professores mestres e doutores
Biblioteca física e online

Cadastre-se em nossa newsletter e receba novidades!